É super comum ouvirmos falar da importância de se fazer um trabalho voluntário no Canadá para podermos praticar o inglês, aumentar nosso network e entrar no mercado de trabalho com mais facilidade e, eu não vejo nada de errado nisso, afinal, é através do voluntariado que podemos nos conectar com um maior número de pessoas de diferentes sotaques, culturas e áreas de atuação. Inclusive muitos lugares que oferecem a vaga de voluntariado ressaltam os benefícios e habilidades que você irá desenvolver no cargo. É comum vermos vagas dizendo que o voluntariado sairá de lá com mais capacidade de se organizar, socializar e até liderar equipes.

Adote

Zé, resgatado pela ONG Animais Tem Voz – Procurando mais do que um lar, um companheiro.

Porém, acho que antes de procurarmos por vagas e disparar milhares de emails, na sede de conquistar logo tudo isso, devemos refletir sobre como podemos ajudar e se estamos de fato preparados. A proposta de qualquer voluntariado é inicialmente ajudar ao próximo. Essa tem que ser nosso maior objetivo. E entender o impacto que você estará fazendo na vida do outro é fundamental para você continuar forte, pois de modo geral, o trabalho que você irá desempenhar exigirá tempo e um certo preparo físico e/ou psicológico.

Se você não está acostumado com trabalhos voluntários, não se comprometa por muito tempo, geralmente você consegue fazer buscas por períodos de curta ou longa duração. Se for o caso, procure seu supervisor e peça para mudar de posição. Ou até mesmo, procure outra organização que trabalhe com outro serviço comunitário, caso você não tenha se identificado com este. Se não está fazendo bem pra você, talvez você também não esteja mais fazendo o bem ao próximo. Vou dar um exemplo que aconteceu comigo: eu sempre gostei muito de cães, mas quando fiz parte de uma ONG protetora de animais no Brasil, a Animais tem Voz, eu simplesmente não dei conta. Foi muito perturbador ver cães abandonados, doentes e mal tratados pelo ser humano e mais perturbador ainda foi saber que poucas pessoas tomam a frente e lutam pela causa sem ajuda financeira de ninguém, apenas de um ou outro cidadão. A maioria das vezes são os próprios voluntários quem arcam com as despesas, que são caríssimas, mesmo tendo desconto em algumas clínicas veterinárias. A quantidade de cães precisando de ajuda é imensa e simplesmente não há vazão. Eu falhei em não expor como isso estava me afetando e me comunicar com outras pessoas a fim de achar uma solução. Eu simplesmente me afastei. Eu entrei achando que ia dar conta de resgatar animais em perigo, conseguir arrecadar dinheiro para comprar ração e remédios e finalmente doá-los à famílias que iriam amá-los infinitamente, o que não funciona bem assim. Hoje eu tenho ciência que começar qualquer trabalho voluntário é se envolver e progredir gradativamente. Começar com funções que talvez não estejam tão diretamente ligadas à atividade principal é uma ótima forma de começar e não menos importante. Saber quais são as suas responsabilidades é imprescindível para o sustento de qualquer trabalho.

Vou dar um exemplo de um vídeo que eu assisti recentemente de um trabalho que está sendo realizado em uma ONG na Inglaterra. Estudantes saem para passear com os cães do abrigo para que eles possam relaxar, se exercitar e socializar, o que faz com que adquiram boas maneiras e se adaptem mais facilmente à adoção.

Acredito que as ONGs estejam cheias de ideias como esta só esperando por voluntários aparecerem. Portanto, independente da sua causa, seja ela em prol dos animais, crianças, adolescentes, mulheres, refugiados, dependentes químicos, idosos, etc.. faça, sinta-se muito orgulhoso(a) dela e veja os desafios como uma forma de desenvolver habilidades que você usará na sua vida profissional e pessoal. Pena que eu não comecei esse tipo de trabalho quando criança.

Caso você tenha interesse em ajudar a ONG Animais Tem Voz entre em contato através do email para AnimaisTemVoz@gmail.com ou (19) 99239.9339 – Falar com a Lúcia Paschinelli informando como você gostaria de contribuir (se você for da cidade de Americana/SP pode ajudar participando dos trabalhos locais, de feirinhas de doação, além de doar remédios e/ou ração). Há muitos animais lá que precisam da nossa ajuda!

E aí? Como você pode ajudar o próximo?

Outros links de voluntariado aqui em Toronto:

Volunteer Toronto – Principal site de voluntariado no Canadá. Organiza a busca por localização, especialidade e tempo de duração.

Special Events Office – Volunteers Opportunities – Aceita voluntários para participar dos eventos organizados pela prefeitura.

YMCA

?