Bom, já falei sobre como foi tirar o visto canadense num outro post. Mas agora (JÁ) chegou a hora de estender nossas permissões para que o Alexandre possa cursar a faculdade e eu, trabalhar. O intuito deste artigo não é explicar passo a passo como solicitar a extensão de visto canadense em si, mas sim, sanar dúvidas de pessoas nas mesmas condições que a nossa.

Lembrando que ambos entramos com o TRV, que é o Temporary Resident Visa. O Alexandre já entrou com visto canadense de estudante (S1) válido por 9 meses pois o curso dele de inglês era de mais de 6 meses e de quebra ele ganhou mais 3 pra ficar no país. Eu vim como visitante (V1), válido por 10 anos.

Com pelo menos três meses de antecedência de expirar nossas permissões, pedimos a extensão de permissão de estudos e o meu primeiro de trabalho, atrelado ao pedido dele. Fizemos tudo da mesma maneira que já havíamos feito das outra vez, mas no meio da aplicação do processo on line, mais especificamente na minha parte, eles perguntavam se eu queria fazer um Restoration of Temporary Status. Fiquei na dúvida se isso era alguma coisa relacionada ao meu Visto Canadense. Fui pesquisar e vi que isso se aplica pra quem precisa regularizar a situação DEPOIS que o Permit expira e por algum motivo não pediu sua extensão. Não é o caso, então não aderi a esse processo.

Fora isso, não me lembro de mais nada no meio do processo que remetesse a troca de visto canadense. Fizemos o que o site indicava, pagamos CAD$405.00 para estender as duas permissões mas sinceramente ainda estava na dúvida se tinha feito da maneira certa, se precisava enviar junto algum outro formulário para alteração dos vistos, se iriam nos pedir os passaportes, enfim, comecei a criar caraminholas na cabeça.

Nosso pedido de extensão foi enviado e recebido no dia 05 de julho e atualizado finalmente no dia 10 de agosto de 2016 com a seguinte mensagem:

Your application to remain in Canada as a temporary resident has been approved. A secure document has
been mailed to you at the address that you provided when you made your application. If you have not received
your secure document within six weeks, contact CIC. This letter is not valid for travel and is not a permit allowing you to remain in Canada. Mais o Type, Validity e o Document #.

Um alívio mas também uma angústia pois ninguém falou nada de enviar passaportes. Conversei com várias pessoas e todas me disseram que eu precisava regularizar. Mas não fazia sentido pra nós. Nós já tínhamos entrado no Canadá e já tínhamos recebido nossas permissões pra ficar por mais dois anos no país. Por que raios eu precisaria alterar os vistos de entrada? Comecei a ficar aflita pois a imigração já tinham tomado uma decisão. E o medo de mandar tudo de novo, pagar tudo de novo e ter o visto negado? Eu procurava essa informação no site e não achava, estava ficando louca!

Exatamente uma semana depois, dia 17 de agosto recebemos nossas Permissões em casa! Correria pela casa!!!

Extensão de visto canadense

Depois da euforia bateu de novo a dúvida sobre a situação dos vistos pois apesar do Alexandre ainda se enquadrar como estudante, seu visto iria vencer em breve. E a minha, pior ainda, pois apesar do meu visto valer por 10 anos eu entrei como “turista” e estava recebendo um Work Permit.

Como fizemos nossos processos sozinhos é natural que ficassem algumas dúvidas. Felizmente eu tive ajuda da Celina Hui, da Immi-Canada.com que me esclareceu como realmente funciona e fiquei mais tranquila. De fato nós não precisamos mudar nossos vistos, PORÉM, justamente no caso do Alexandre, que está pra vencer, se ele precisar sair do país por algum motivo e tiver que voltar, vai precisar estar com um visto de entrada válido e não vamos querer que demore, sei lá, dois meses pra sair um visto, caso ele precise voltar em uma semana. Outra coisa, estando com o visto ainda válido parece ser mais fácil pedir um outro do que quando ele expirar. Então eu decidi que vamos reaplicar pro visto do Alexandre, mas conto depois em outro post. Se você tiver dúvidas, pode clicar neste link do site oficial que tem tudo explicadinho (eu finalmente achei). No meu caso, realmente, não precisarei alterar pois meu Visto de Residente Temporário, apesar de aparecer como Visitor, me dá direito de entrar no país. Vistos com categoria de Trabalho geralmente são concedidos quando você vem através de uma empresa ou já com a possibilidade de trabalhar por conta do cônjuge já estar matriculado num college. Mas isso por si só não quer dizer que você precise alterar seu visto canadense atual.

Bom espero que possa ter ajudado quem tem um caso parecido. Se você tiver dúvidas ou quiser comentar, escreve aqui em baixo pra mim!!

 

Bjs!

Vanessa Vitta

MapleDoBrasil.com