Seja para que você possa “quebrar o gelo” com um entrevistador de uma vaga pra qual você está aplicando, praticar seu inglês na vida real, conhecer um pouco da cultura local interagindo com as pessoas, evitar aquele silêncio no elevador ou simplesmente perder a timidez, o small talk é o que nós todos precisamos! Listei aqui 8 exemplos que podemos usar pra começarmos a praticar!!!

  1. O Clima – Clááásico

Quer coisa mais batida do que comentar sobre o clima? A verdade é que apesar de bem cliché é super comum usar esse tema pra falar com pessoas. E vamos combinar que aqui no Canadá sempre tem realmente o que falar! Ou é uma chuva no meio de uma tarde linda, uma nevasca mais forte, baixa brusca de temperatura, mudança de estações que afetam e muito nosso dia a dia. Então aproveita!

2. Eventos locais ou notícia

É sempre bom conversar com pessoas informadas, seja a respeito do que está acontecendo mundo a fora ou até mesmo na sua cidade. Muitas vezes pude ir a algum evento de última hora por que fiquei sabendo da boca de um estranho durante uma conversa rápida num café ou farmácia. Se você se sentir confortável, vale até puxar conversa sobre alguma notícia sobre política ou religião, mas tenha em mente que são assuntos delicados.

3. Família ou amigos

Todo mundo tem uma estória engraçada pra contar que aconteceu com alguém da família ou amigos. Muitas vezes, ao encontrarmos com um estranho numa situação parecida, mencionar que já presenciamos algo semelhante com outra pessoa, com um sorriso no rosto, faz com que ele não se sinta tão constrangido. Muito melhor do que fingir que não viu e a pessoa fingir que nada aconteceu!

4. Trabalho recente.

Num ambiente mais formal é sempre bom contar um pouco sobre as suas experiências de trabalho. Como era trabalhar na empresa X, o que você conquistou, seu relacionamento com os colegas e o quanto você gostava desse trabalho.

5. Interesses e hobbies.

Todo mundo pertence à uma tribo, mesmo que você não goste de andar em grupos ou frequentar um clube. Mas você tem seus gostos, suas preferências, seus interesses. Descobrir esses gostos em comum com uma pessoa é uma maneira de você fazer novos amigos e aumentar seu network.

6. Línguas, sotaques e cidade natal.

Você está andando em uma rua tranquila em Toronto e de repente você ouve alguém falando em português, ou até mesmo uma outra língua que você fala/conhece, nem que seja só um pouquinho. Pronto, tá aí um motivo pra puxar papo! De onde você é? O que está fazendo aqui? Vale até tentar praticar esse outro idioma! E assim vai…

7. Esportes

Vou chamar meu marido nesse tópico… brincadeira. Mas perdi a conta de quantas pessoas ele começou a conversar por conta de esporte no Brasil e aqui no Canadá. Quem o conhece sabe o quanto ele gosta de futebol e sempre sai com uma camiseta do Palmeiras pra cima e pra baixo. O legal é que nesses casos sempre tem alguém que puxa a conversa e sempre de uma forma bem descontraída. Quando ele vai ver já estão combinando de assistir jogos juntos.

8. Curiosidade

O que não falta neste mundo é gente “louca”, no bom sentido! É só andar pelas ruas e você vai ver um monte de gente que está trabalhando em alguma ideia e estão “loucos” pra dividi-las com as pessoas! Não fique tímido, vá lá e pergunte do que se trata. Ou simplesmente às vezes a gente encontra alguém com algum produto/roupa bacana numa fila qualquer e começa a conversar. Quem não gosta de saber que chamou a atenção de outra pessoa?

Lembrando que você não precisa se tornar a melhor amiga da pessoa com quem você conversou, mas praticar o small talk faz bem pra quem fala e pra quem ouve. Eu super encorajo que você comece a praticar ASAP (as soon as possible).

Separei aqui um vídeo da professora britânica de inglês Jade Joddle pra você ver outros exemplos! Ela ensina inglês pra estrangeiros de uma forma descontraída, mas sem perder o foco! Enjoy!

Gostou desse artigo? Então compartilha nas redes sociais aí em baixo.

Nos vemos por aí!

Vanessa Vitta