Quem chega aqui sabe o quanto é difícil o recomeço. Economia de dinheiro, estudo, trabalho, adaptação, saudades da família e dos amigos, etc. Mas isso tudo só vale a pena se pudermos aproveitar o que o país tem pra oferecer, afinal, viemos pra cá em busca de uma qualidade de vida superior à que tínhamos no Brasil. Por isso mesmo é tão importante descobrirmos uma atividade que nos dê prazer, ainda que uma vez por dia, por semana ou algumas vezes no ano.

corrida-canada

O casal paulista Danielle e Otto, que hoje vive em Whitby, corre junto desde 2010. Foram diversas corridas em São Paulo (Venus (Dani), Mizuno Miles, Adidas 4 Estações, Athenas, Night Run, Mizuno 1/2 Marathon (Otto) e outras) e algumas na baixada (uma na Praia Grande e duas em Santos). Além de relaxar corpo e mente, o esporte trouxe mais disciplina na alimentação e na vida cotidiana deles.

Dani ressalta as diferenças entre correr no Brasil e correr no Canadá. Aqui é preciso ter cuidados extras no inverno com relação à roupa, tênis e até mesmo à própria neve. O mais seguro seria praticar a corrida nas academias, como eles fazem, principalmente pra quem está começando agora, pois pode contar com a supervisão de um profissional.  Já no verão, as opções são muito maiores, podendo correr numa rua do bairro, ciclovias ou num dos mais de 1500 parques presentes na Grande Toronto. Sem contar a segurança.

As vantagens de correr na rua são poder fazer a qualquer hora do dia e por um custo relativamente baixo, pois basicamente o que você vai precisar investir é no tênis (algumas lojas oferecem o serviço de teste de pisada que ajuda na escolha do modelo ideal) e também um monitor de batimento cardíaco, assim o corredor pode controlar seu nível de esforço. Usar roupas leves e levar uma garrafinha de água.

Aqui no Canadá as corridas que fizeram foram através do site Canada Running Series. Para se inscrever é simples, basta preencher um formulário e fazer o pagamento online. Geralmente tem camiseta e medalha de brinde, massagem (a fila geralmente é longa) e a festa é sempre uma delicia!! Energia contagiante!!! Ah e muitas das corridas são charitable!


trailer-canada

Já Gabriel e Lindy, ele brasileiro e ela canadense, preferem engatar (e bem) seu trailer no carro e partir para os parques provinciais para acampar. O recém-adquirido Boler, esse trailer super fofo, já rendeu várias aventuras e a primeira delas foi quando o trailer soltou do engate e quase voou longe quando o Gabriel fez uma curva na estrada. Imagina o susto!

Também serviu de abrigo contra mosquitos e ursos em Tobermory, SandBanks, DarlingtonGrand Bend e Algonquin Provincial Park. Lindy conta, com tranquilidade, que já teve algumas experiências com ursos que felizmente terminaram bem. Até porque aqui pra esta região de Ontário, só é possível encontrar os ursos pretos que só atacam se estiverem com fome (ainda vou dedicar um post só pra isso, rs), e que os mais perigosos são os Grizzly Bears, que ficam pro lado Oeste do Canadá. O recomendado é conhecer a região pra onde você está indo e não deixar comida exposta para não atrair os “bichinhos”.

Acostumada a acampanhar todo ano em Thunder Bay  com seu pai, foi ela quem trouxe o brasileiro para viajar de trailer. Ela diz que se sente bem na natureza, vivendo com o mínimo de recursos e, que apesar de ser um tanto “estressante” a preparação, pois sempre acontece de esquecerem alguma coisa, vale muito a pena. Além de saírem pela estrada, caminham pelas trilhas dos parques, fazem canoeing e admiram o céu estrelado na companhia de apenas uma fogueira e uma taça de vinho.

Ela ainda ressalta que esse tipo de atividade é super canadense e as crianças adoram! É possível alugar um trailer pelo site WheelState.ca ou até mesmo pelo Ontario Parks.

 

Se você gostou deste artigo, compartilhe com seus amigos nas redes sociais: