Antes de mais nada, eu adoro frio, neve e inverno. Porém… porém, todo dia, enche o saco! Parece besteira, mas pequenas coisinhas no dia-a-dia, se não forem ajustadas, podem sim, tirar nossa paciência e nos deixar mais irritados. Eis que eu listo:

1. Montanha de roupas

Eu me atrapalho toda na hora de sair de casa. Se eu coloco as botas antes da jaqueta, depois tenho que ir até o armário onde ela fica pendurada, porém por aqui, sapatos são a última coisa que você deveria vestir ao sair de casa pois são cheios de sal da rua que mancham e riscam o chão!
Se eu coloco a jaqueta antes das botas, fica incômodo ter que passar o cadarço nos “trocentos” passantes, pois a jaqueta é enorme e eu mal consigo ver abaixo do meu pescoço quando ainda por cima eu coloco os outros acessórios, como gorro, cachecol, etc. Além disso tudo, ainda tenho que pegar as chaves de casa na bolsa com luvas e andar até o ponto de ônibus como se eu estivesse subindo o Everest, pois as botas pesam!

Como se não bastasse o stress de colocar as roupas, tem o frio também. Se você não se atentar para a previsão do tempo, pode passar frio na rua e isso sim, irrita muito! Eu só compro jaquetas que aguentam -20°C no inverno. Quando está um friozinho básico, coloco só uma blusa manga longa por baixo da jaqueta. Quando está mais frio, coloco a blusa, um moletom com forro (ou uma blusa de lã) e a jaqueta. Quando está insuportável, eu chego a colocar antes uma segunda pele, bem fininha, só pra tapar as possíveis frestas e não entrar ar frio de jeito nenhum. Calças, de modo geral tenho aguentado bem usar só uma, mas se for preciso coloco uma legging de malha de algodão por baixo. Sapato impermeável, cano alto, com forro e meias de lã.

2. Enterrar-se viva

Ficar dentro de casa pra se proteger de temperaturas como os atuais -23°C é razoável, porém, quando se vive em um país onde você tem temperaturas baixas quase que 365 dias por ano, viver em casa ou na cidade subterrânea o tempo todo é pedir para se enterrar viva! Nosso corpo necessita tomar Sol pelo menos 3 vezes por semana de 10-15 minutos cada para poder produzir vitamina D, responsável não só pelo crescimento mas também pelo nosso “bom-humor” e aquele ar de saúde.

Procure sentar próximo à janelas para pegar um pouco de Sol, seja numa cafeteria, no ônibus ou no carro. Ou andar à pé quando não estiver tão frio, até para poder respirar ar fresco.

 

3. Ficar anti-social

Eu sempre achei que o inverno tem um quê de nos deixar mais introspectivos, pensativos e até reclusos. O que pra mim, pelo menos, me faz muito bem. Poder, principalmente no final do ano, fazer um balanço dos últimos 12 meses e projetar o que ainda está por vir é algo mandatório! Porém é preciso tomar cuidado para não se questionar demais sobre “Quem sou eu?”, “O que estou fazendo aqui nesse fim de mundo?” e querer fugir de tudo e de todos. Talvez fazer programas mais espaçados, menos badalados, e sim mais intimistas sejam boas pedidas pra driblar a depressão.

 

4. Má alimentação

Procure no Google a raiz da palavra “enfezar-se”. No inverno nós perdemos o apetite por comidas frias como as saladas, cheias de fibras e caímos de boca nas “comfort foods”, ou aquelas comidas mais quentes, geralmente carboidratos envoltos em molho de tomate e queijo. Sem contar a sobremesa cheia de açúcar e gordura e pasmem, até o super queridinho dos canadenses, o café, deixa seu corpo DESIDRATADO por conta da cafeína! Mas calma… só se você for daqueles que tomam 3 copos de 500ml de café por dia. Tudo isso faz você ter uma sensação momentânea de aconchego e bem estar, mas seu corpo se sente mais lento, mais pesado e você consequentemente se sente enfezada!

 

5. Hibernar que nem um urso velho

Quer coisa mais gostosa que dormir de meias numa cama forrada de cobertas no inverno? Eu não só estou indo dormir mais cedo como também estou acordando mais tarde. Ouso até a dizer que eu só levanto porque ou eu tenho meus compromissos ou então porque estou com dor de cabeça ou dor nas costas de tanto dormir! Apesar dos médicos recomendarem uma boa noite de sono, isso não quer dizer que você tenha que dormir 12 horas por dia. De modo geral, 8 horas são suficientes. Muito mais do que isso, pode até causar mal à saúde. De acordo com especialistas, uma rotina de muitas horas de sono pode causar depressão, problemas cardíacos, ganho de peso e desencadear a diabetes typo 2.

 

6. Tomar banhos muito quentes e longos e não hidratar a pele

Taí outra coisa que eu adoro fazer no inverno, ficar horas debaixo de água quente e não passar hidratante depois. Aí eu fico me queixando porque minha mão racha toda quando encosta no zíper do bolso da jaqueta. Eu cheguei ao ponto de ter tantos cortes nas mãos que quando fui tentar hidratá-las, minhas mãos tiveram uma reação alérgica. Felizmente minhas mãos agora estão recuperadas!! Mas é impressionante como coisas aparentemente tão bobas podem nos deixar desconfortáveis!

 

Agora que você já sabe o que fazer e o que não fazer, já pode curtir o inverno de uma forma menos miserável!!!

Gostou deste artigo? Então compartilhe com seus amigos!